Saiba os que os peludinhos gostam e torne a vida deles ainda mais divertida!

1 – Dormir

Os gatos dormem entre 16 e 20 horas por dia, sendo um dos animais que mais dormem. Portanto, não se preocupe se o seu gato passar a maior parte do tempo descansando e cochilando, isso é completamente normal e eles amam fazer isso.

2 – Se “banhar”

Os felinos são obcecados com limpeza, então é normal vê-los fazendo poses de ioga malucas só para conseguir se lamber atrás das pernas. Eles fazem isso para garantir que seus casacos de pelo estejam sempre limpos e sem nós. Além disso, especialistas afirmam que eles passam de 2 a 6 horas por dia fazendo isso, em si mesmos ou em outros felinos.

3 – Arranhar

Se seu gato está arranhando seu sofá ou carpete, ele não está tentando ser travesso. Isso é na verdade um comportamento muito normal para os gatos e, se eles não forem capazes de fazer isso, podem ficar muito tristes e ansiosos. Se você quer que o seu gato seja feliz, forneça a ele muitos postes, locais para que ele possa arranhar. Isso vai deixá-lo muuuuito feliz.

4 – Espaços altos

Os gatos adoram escalar e, o mais importante, sentar-se em lugares altos para poder observar o mundo de cima. Isso permite que eles fiquem de olho em tudo o que está acontecendo, o que os faz sentir mais seguros. Certifique-se de que seu gato tenha uma plataforma ou nichos para escalar, para que ele possa recuar para lá a qualquer momento.

5 – Seu território

Costuma-se dizer que os cães são mais leais aos seus humanos e os gatos aos seus territórios. Embora isso seja discutível, é verdade que os gatos adoram marcar e defender seu território. É por isso que é tão importante habituar lentamente o seu gato a um novo ambiente se você acabou de se mudar, caso contrário, eles vão acabar voltando para o lugar que conhecem como lar.

Outras coisas que os bigodinhos também amam

Temos que mencionar que os gatos também amam banheiros limpos, água corrente longe da comida para estimular a busca e exercícios. Adoram estimulação e brincadeiras (seja até com uma bolinha de papel) e saídas ao ar livre, pois estimulam os instintos de caça e marcação de território.

Gostou das dicas?
Aproveita e crie oportunidades e momentos para fazer seu gato ainda mais feliz!

Geraldo Arnt Corrêa

Especialista em Nutrição Clínica e Alimentação de Cães e Gatos

CRMV-RS 6555.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *