Você já ouviu falar em pedigree? Aposto que ficou curioso para saber mais sobre o assunto?

Os cães foram domesticados pela primeira vez há mais de 10.000 anos, embora exatamente quando e onde ainda seja debatido. Com o aumento do interesse em cães de raça pura, os Kennel Clubs foram fundados no Reino Unido e nos EUA no final de 1800 para governar a exibição e criação de cães, registrar cães e estabelecer os primeiros livros genealógicos. 

Mas afinal, o que é pedigree?

O pedigree, nada mais é do que um certificado de origem do cão. É emitido por instituições de cinofilia reconhecidas, como a Sobraci (Sociedade Brasileira de Cinofilia) e a CBKC (Confederação Brasileira de Cinofiliaé apresentado a genealogia do animal, ou seja, quem são seus antepassados, pais, avós e bisavós, que devem também ser de raça pura.

Nele é apresentado a genealogia do animal, ou seja, quem são seus antepassados, pais, avós e bisavós, que devem também ser de raça pura.

Quem pode solicitar?

Este documento costuma ser solicitado principalmente por canis especializados na criação de determinada raça. Uma vez que certifica a pureza da linhagem, o documento valoriza a ninhada e aumenta a credibilidade do criador, pois para obtê-lo é preciso seguir uma série de regras, assim evitando cruzamentos consanguíneos.

No Brasil, os cães são divididos em 11 grupos. No primeiro, estão os Pastores e Boiadeiros, exceto os suíços. No segundo grupo, Pinscher, Schnauzer, Molossos e Boiadeiros suíços. Já no terceiro, encontram-se os cães Terriers, no quarto, Daschunds, no quinto grupo, os Spitz e tipo primitivo, no sexto Sabujos e Rastreadores. No sétimo grupo, os cães de aporte, no oitavo, os Retrievers, Levantores e de água, no nono grupo estão os cães de companhia, no décimo grupo, os Galgos e Lebreiros, e no último grupo, o FCI, estão as raças não reconhecidas (como por exemplo, o American Pit Bull Terrier).

Sabrina Braga Knorr

Médica Veterinária, Mestre em Saúde Animal

CRMV-RS 15469

Compartilhe @tiochico.vet

O que você achou deste artigo, comente abaixo:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.