Preparing natural natural, organic food for pets at home

A alimentação natural para cães e gatos está em alta no mundo dos pets.

Apesar de a ração ser um alimento completo, balanceado, prático e extremamente seguro, muitos tutores estão optando por oferecer uma dieta “mais natural” e que geralmente é mais atrativa aos animais.

Assim como as rações, a alimentação natural para cães é composta por proteínas, carboidratos, fibras, minerais, vitaminas, gorduras de boa qualidade e água. 

Desvantagem da alimentação natural

Uma das desvantagens da alimentação natural para cães é a questão do armazenamento, pois como é um alimento fresco, deve ser sempre refrigerado ou congelado.

É necessário ter espaço suficiente no freezer para armazenar pelo menos a comida por uma semana. O alimento fresco se deteriora muito rapidamente, o que exige um trabalho bem grande do tutor em manter tudo conservado e em condições próprias para o consumo.

Organização e comprometimento

Para que a dieta funcione bem e não prejudique a nutrição do seu cão, é essencial que o tutor seja organizado e comprometido com todos os preparos (dieta deve ser rigorosamente balanceada).

Existem alimentos para pets que são vendidos em porções prontas, que são mais fáceis de serem oferecidas aos animais. Entretanto, se você for preparar o alimento do seu cão para congelar, é necessário planejar o preparo com antecedência para que não falte alimento em nenhum dia.

A alimentação natural busca reproduzir a dieta nativa de caninos e felinos

Os alimentos crus são muito bons por serem os mais próximos da alimentação de seus ancestrais. Além disso, eles não sofrem nenhum processo que altere as propriedades químicas, nutricionais e as características físicas do alimento (essa preservação torna a dieta muito qualificada, entretanto, por ser oferecido cru, é fundamental ter cuidados com a procedência (carnes inspecionadas) e com a conservação desses alimentos para que o animal não tenha risco de contrair alguma doença.

congelamento profilático é obrigatório nessa modalidade de dieta.

Congelamento profilático na dieta crua

O congelamento profilático é um método de prevenção de proliferação de microrganismos, comensais e patogênicos que possam estar presentes na carne in natura

Para tal, submete-se a carne crua a temperaturas baixas, em congelador ou freezer, por volta de -18°C ou inferior, por um período de tempo determinado para cada tipo de carne, sendo:

  • 24h para carne de frango e outras aves;
  • três dias no freezer ou cinco dias no congelador para carne bovina, caprina, de cordeiro e coelho;
  • sete dias para peixes e 21 dias para carne suína.

E aí, seu pet já come alimentação natural?
Se sim, conta aqui pra gente como foi a adaptação e como você se organiza.

Geraldo Arnt Correa

Médico Veterinário

Especialista em Clínica e Nutrição Clínica de Cães e Gatos

CRMV-RS 6555

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *